Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

DESEJO...

 

Afasto de mim os anjos negros,

Espalho rosas sem espinhos de perfume e paz

Já não sei ter raiva, escondi meus medos

E se vais de novo casar... tanto me faz.

Penso porém, porque descuras-te a tua rosa

Jamais terás jardim tão perfumado

Ou suave cama de pétalas macias...

Terás talvez a sorte de seres amado,

Mas lembrarás de mim nas noites frias...

Sei que jamais serás feliz

Oiço-te falar... tão inseguro e triste

Ela terá aquilo que eu não quis...

Por saber que para ti, Amor ... não existe!

Porque acredito que de retorno temos,

O bem ou o mal que fazemos...

Desejo-te felicidade infinita

E que nunca sintas a desdita...

De te sentires coisa , em vez de gente,

sofro ainda , minha alma sente

Mas não te desejo igual tormento,

Deixo aqui o meu perdão,

Com amizade estendo a mão,

 Tamanho foi meu sentimento.

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 15:25
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De gatinhafofa a 24 de Maio de 2010 às 16:32
muito bem amiga!! notam-se ai grandes sentimentos de tristeza e de alegria tambem. beijinhos!!!
De Rosinda a 25 de Maio de 2010 às 11:17
Obrigada pelo comentário, todos temos bons e maus momentos...
Beijinhos
De gatinhafofa a 25 de Maio de 2010 às 14:07
amiga passa pelo meu blogue e lê as quadras que escrevi mas que nao sao da minha autoria,pois eu nao tenho jeito para escrever poemas..... beijinhos!!!
De MIGUXA a 24 de Maio de 2010 às 21:42
Doce Rosinda,

Quando se ama de corpo e alma, durante tantos anos, não se esquece o ser amado nem os momentos vividos de um dia para outro...Há no entanto, que tentar levar a bom porto ou uma amizade, ou a indiferença...

És forte seguirás teu caminho e encontrarás por certo a Luz para o teu espírito...

Beijos ternos
Tua Amiga
Margarida
De Rosinda a 25 de Maio de 2010 às 11:21
Amiga Margarida, sempre com palavras tão certas, de quem sabe o que é amar...
Um beijinho grande e obrigada por estares na minha vida, minha doce amiga virtual, que me lê tão bem a alma.
Que a tua vida tenha sempre as cores do arco-iris
De Existe um Olhar a 25 de Maio de 2010 às 01:12
Um dia num centro budista o meu mestre perguntou:
O que é para vocês o amor? Naturalmente cada um definiu ao seu jeito o que pensava, no entanto a resposta dele foi bem diferente do que esperávamos.
-Amar alguém é desejar que essa pessoa seja feliz, mesmo que essa felicidade não passe por nós, é o chamado amor incondicional, onde se cultiva o desapego.
Amiga, não te venho dizer que é fácil amar assim, mas acredita que é o meu mais duro objectivo de vida, um desafio que faço todos os dias a mim própria e espero que neste desabafo , nesta partilha, possas encontrar lenitivo para a tua dor e saudade.

Beijos
Manu
De Rosinda a 25 de Maio de 2010 às 11:30
Querida Manu, eu sou completamente transparente, ou consegues ler e entender tudo...
Há elos difíceis de quebrar... saudades que não conseguimos deixar de ter e lágrimas que não conseguimos reprimir... mas estou em paz . Esse Mestre tem razão, embora isso nos traga também uma pergunta; porque não pôde ser feliz comigo? E a dor é inevitável.
Obrigada amiga por leres os meus desabafos.
Beijinho
Rosinda
De gatinhafofa a 25 de Maio de 2010 às 14:10
concordo com o teu mestre querida Manuela. passa pelo meu blogue.

Comentar post

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds