Sexta-feira, 28 de Maio de 2010

SENTIMENTOS

 

Palavras, meras palavras... já tenho dito a meu jeito

Nestes versinhos que faço,meio sem jeito e preceito.

Contam mais os sentimentos que trago no coração,

Porque as palavras são fáceis, mas o sentimento... não!

Quisera  compreender, entender um bocadinho...

Porque pensa tanta gente, poder caminhar sozinho.

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 10:55
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

DESEJO...

 

Afasto de mim os anjos negros,

Espalho rosas sem espinhos de perfume e paz

Já não sei ter raiva, escondi meus medos

E se vais de novo casar... tanto me faz.

Penso porém, porque descuras-te a tua rosa

Jamais terás jardim tão perfumado

Ou suave cama de pétalas macias...

Terás talvez a sorte de seres amado,

Mas lembrarás de mim nas noites frias...

Sei que jamais serás feliz

Oiço-te falar... tão inseguro e triste

Ela terá aquilo que eu não quis...

Por saber que para ti, Amor ... não existe!

Porque acredito que de retorno temos,

O bem ou o mal que fazemos...

Desejo-te felicidade infinita

E que nunca sintas a desdita...

De te sentires coisa , em vez de gente,

sofro ainda , minha alma sente

Mas não te desejo igual tormento,

Deixo aqui o meu perdão,

Com amizade estendo a mão,

 Tamanho foi meu sentimento.

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 15:25
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Maio de 2010

Sonhar à luz do luar

 

Sonhando à luz do luar

Sonhos que não tem idade...

Olho-te assombrada,

 pela penumbra resguardada

Já perdi a mocidade...

Mas não deixo de sonhar...

Cada marca em meu rosto

São muitos luares de Agosto...

São noites de amor profundo,

Como se acabasse o mundo...

São histórias para contar

Neste meu desabafar...

 Vivi, amei, sofri...

mas não deixo de Sonhar...

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Maio de 2010

PARA TI MEU FILHO DAVID, PORQUE GOSTAS.



"Vem por aqui" --- dizem-me alguns com olhos doces,
Estendendo-me os braços, e seguros
De que seria bom se eu os ouvisse
Quando me dizem: "vem por aqui"!
Eu olho-os com olhos lassos,
(Há, nos meus olhos, ironias e cansaços)
E cruzo os braços,
E nunca vou por ali...

A minha glória é esta:
Criar desumanidade!
Não acompanhar ninguém.
--- Que eu vivo com o mesmo sem-vontade
Com que rasguei o ventre a minha mãe.

Não, não vou por aí! Só vou por onde
Me levam meus próprios passos...

Se ao que busco saber nenhum de vós responde,
Por que me repetis: "vem por aqui"?
Prefiro escorregar nos becos lamacentos,
Redemoinhar aos ventos,
Como farrapos, arrastar os pés sangrentos,
A ir por aí...

Se vim ao mundo, foi
Só para desflorar florestas virgens,
E desenhar meus próprios pés na areia inexplorada!
O mais que faço não vale nada.

Como, pois, sereis vós
Que me dareis machados, ferramentas, e coragem
Para eu derrubar os meus obstáculos?...
Corre, nas vossas veias, sangue velho dos avós,
E vós amais o que é fácil!
Eu amo o Longe e a Miragem,
Amo os abismos, as torrentes, os desertos...

Ide! tendes estradas,
Tendes jardins, tendes canteiros,
Tendes pátrias, tendes tetos,
E tendes regras, e tratados, e filósofos, e sábios.
Eu tenho a minha Loucura!

Levanto-a, como um facho, a arder na noite escura,
E sinto espuma, e sangue, e cânticos nos lábios...

Deus e o Diabo é que me guiam, mais ninguém.
Todos tiveram pai, todos tiveram mãe;
Mas eu, que nunca principio nem acabo,
Nasci do amor que há entre Deus e o Diabo.

Ah, que ninguém me dê piedosas intenções!
Ninguém me peça definições!
Ninguém me diga: "vem por aqui"!
A minha vida é um vendaval que se soltou.
É uma onda que se alevantou.
É um átomo a mais que se animou...
Não sei por onde vou,
Não sei para onde vou,
--- Sei que não vou por aí.

 

José Régio

Escrito por Rosinda às 10:44
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

VOAR...

 

 

Deixa-me voar... bem perto do céu

Quero ver um arco-íris de perto,

Não quero saber se é o certo

Não... não digas, o mundo não é só teu...

Aquele arco-íris pode ser meu...

E o mar quando me embala,

com as ondas a bater...

Parece estar a dizer... voa... vai...

E depois ouço a lua que está lá longe brilhando...

Que fazes? Anda... o tempo está a passar...

Não ouvis-te a voz do mar?

E vem a longa madrugada...

Sorrateira mui calada,

só ela não me diz nada.

Rompe o sol pela manhã e diz:

A tua espera é vã... vá...! Toca a caminhar...

Assim tu não és feliz...

Que te impede de voar?

Meio a medo, dei um passo...

Trémula de comoção...

Á Esperança dei um abraço,

Vou voar, livre no sonho...

Que me enche o coração...

Lá longe... vejo muitas cores!

Deve ser o arco-íris , o meu...

Sinto o cheiro de flores,

no sonho de meus amores...

Estou tão pertinho do céu...

 

Rosinda 

Escrito por Rosinda às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

AMA, AJUDA, E PERDOA

  

Olha para o teu coração

e se vires sofrer alguém...

escuta-o com atenção,

pergunta-lhe o que tem...

se puderes estende-lhe a mão...

Mas... nunca lhe digas... eu fiz!

não o vais deixar feliz.

Dá amor ou amizade... de verdade!

Não esperes ser recompensado,

tives-te já recompensa...

De Deus... por teres ajudado.

É assim o meu pensar...

Perdoa, ama, ajuda...

Esquece os bens materiais...

Não há dinheiro que valha,

ao sofrimento demais.


Rosinda

 

tags: , ,
Escrito por Rosinda às 11:54
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds