Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

Reflexo de mim...

http://img5.hostingpics.net/pics/148718corps_femme_1.png

Vem, ainda que em sonhos ,vem...

Ilude-me com promessas e palavras,

Aquelas que o amor tem...

Mas vem, não me deixes só, assim...

Este lugar tão vazio dentro do meu coração

dói, dói bastante em mim,

Esta triste solidão.

E diga-se o que se quiser,

Temo que haja razão

Pois o homem fez-se p'ra mulher

E diz-me o meu coração,

Que não há uma hora sequer,

Que não tenha um momento de amor,

Seja quando for

Pois amar não tem idade

Não tem hora nem lugar,

Ah... como tenho saudade

De amar, amar, amar...

Vem amor, e a sussurrar

Diz-me que posso sonhar

Encontrar antes do fim,

O reflexo de mim...

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 17:29
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Tempo que não pára.

 

Eu sou o tempo no espaço da vida.

Ando lentamente, muito devagar,

Ou ando apressado, é uma corrida...

Sou muitas vezes mal aproveitado,

Passam os dias sem pensar em mim,

Quando se dão conta, sou tempo passado.

E dizem então... A vida é assim...!

Que fizes-te tu enquanto era tempo

Se passei por ti e nada fizes-te,

Tens sempre da vida o que tu quises-te

Não andes contra o tempo,

Vive antes com ele como te convém...

Porque ele não cansa , não pára...

É um dos defeitos que o tempo tem,

E tudo a seu tempo... é o que está bem.

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 20:55
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Laços que me prendem...

 

Há laços que me prendem,

Que me enlaçam em afectos,

 Não se vêem, apenas se sentem...

E se sentir é que importa,

Não fecharei minha porta,

Tão pouco meu coração

Enganos...? Muitos terei

Às vezes uma ilusão,

Assinarei minha culpa,

Gritarei minha razão!

Aprender... eis a questão.

Porque esta vida é de luta,

Mesmo sem armas na mão...

 Luto para melhorar a harmonia do ser

E sempre, sempre aprendendo...

Se cair, posso escolher

Ou me levanto do chão,

Ou fico prostrada a sofrer...

Escolho levantar-me e caminhar,

Sabendo de antemão,

Que morrerei abraçada aos afectos

Aos laços deste sentir

Que me aquece o coração,

Dando um beijinho grande, a sorrir...

Ou mandando um abração.

Para vós, meus amigos de eleição

Escolhidos pelo sentir,

Sem lhe saber a razão...

 

Rosinda

  

Escrito por Rosinda às 21:59
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Domingo, 5 de Setembro de 2010

Morrerei eu sem saber...

Cheguei, cansada da viagem

Caminhos por onde andei desconhecia...

Mas não me faltou coragem,

E sei que sigo viagem,

Não pararei nem um dia...

Mas agora estou cansada,

Vou fechar os olhos , recostar a cabeça...

Mas logo que o dia amanheça,

Continua a caminhada...

E só pararei um dia, calmamente...

Nesse dia será diferente,

Esse meu adormecer...

Eu pararei de aprender,

Minha estrada percorrida...

Morrerei eu sem saber,

O que faço nesta vida...

 

Rosinda

 

Escrito por Rosinda às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

PENAS

TUBES PAISAGENS

 

Deixei as lágrimas rolarem,

 Pena e tristeza, dois gritos dentro de mim...

Choro até minhas lágrimas secarem,

Deixo falar a voz que grita em mim...

A voz do silêncio, amarga é a visão,

Ao ver-te de verdade...

Teu sentir, teu coração errado,

De sonhos embrulhado em palavras envolventes...

Embrulho tão mal atado,

Coisas lindas que não sentes...

Chora comigo a amizade perdida,

Deixa que a Luz brilhe no horizonte...

Não julgues pelos sentidos,

Tens maravilhas de que foste a fonte...

Nem por orgulho ou sentimentos inferiores,

Vou esquecer os meus valores.

Exorto de mim a ira,

Quero sentir a minha alma leve,

Flutuando como uma pluma...

Num sentimento de quem nada deve,

Para transpor esta tão densa bruma...

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 18:33
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds