Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012

Lágrimas...

Escrito por Rosinda às 17:03
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De miilay a 1 de Fevereiro de 2012 às 17:59
Amiga, belíssimo, tristíssimo! Mas adorei !
Já deitaste cá para fora através do poema esse tristeza, agora um sorriso Amiga,sim, sim?
Beijinho
miilay
De Rosinda a 1 de Fevereiro de 2012 às 18:21
Deu para entender , claro... quem me dera deixar de sentir. Afinal já passaram 3 anos, mas foi a primeira vez que os vi juntos, enfim...
Isto passa
Obrigada Miilay
Um abraço para ti
Rosinda
De luadoceu a 1 de Fevereiro de 2012 às 18:13
De Rosinda a 1 de Fevereiro de 2012 às 18:22
Sou uma sentimental incorrigível...
Beijinho para ti
Rosinda
De onda_azul a 1 de Fevereiro de 2012 às 20:10
Mais um belo poema e não me canso de os elogiar, talvez porque ao lê-lo transporto-me para dentro dele devido ao que também sinto As lágrimas estão sempre presentes, é verdade mas sem elas acho que a dor seria ainda mais insuportável.

Beijinhos
De Rosinda a 2 de Fevereiro de 2012 às 15:01
Obrigada...
Não desejaria que ninguém se identificasse com estas palavras que escrevi nestes versos, porque isso significa sofrimento. A vida tem de andar em frente. Haverá algures alguém que seja o ser ideal...? Ainda que seja noutra vida.
Um abraço amigo
Rosinda
De onda_azul a 3 de Fevereiro de 2012 às 20:01
Eu também não desejaria, mas acontece só temos de ter força para olhar para a frente e seguir a nossa vida Eu acho que existe sempre a pessoa certa para nós, difícil é encontrá-la, mas esperemos que isso aconteça

Beijinhos e bom fim de semana
De camila rodrigues vieira a 2 de Fevereiro de 2012 às 11:26
Então amiga que tristeza ´e essa estás a precisar de mudares de ares tu sempre tão positiva sempre a dares força aos amigos penso que essa pessoa não merece um segundo do teu pensamento como diz a cantiga rei morto rei posto não achas? beijinhos
De Rosinda a 2 de Fevereiro de 2012 às 15:04
Camila, minha amiga, tu bem sabes que no fundo eu falo, falo, mas sofro. Ser confrontada com os dois foi doloroso. Falaremos sábado, quando formos tomar café.
Beijinho grande
Rosinda
De DyDa/Flordeliz a 6 de Fevereiro de 2012 às 22:53
Hummm

Coração traiçoeiro
Quem te manda feiticeiro
Alimentar o amor?

Longe da vista
Longe, para muito longe
Se desvaneça a dor!

Ninguém merece receber
Ninguém merece lágrimas
De um coração sofredor!

Que o momento e a ferida
Não deixe cicatriz profunda
E esteja menos dorida

Beijinho

Poderia dizer que gostei.
Mas não gosto que sofras
Mesmo sendo bonito o lamento
De MIGUXA a 8 de Fevereiro de 2012 às 20:38
Minha querida amiga,

Lindo este teu poema, sentido, chorado e sem dúvida tocante...
Seria fácil dizer-te "esquece que não te merece" mas quase nunca o coração compactua com a razão...e, um grande amor não se esquece nunca, ainda que esmoreça...
Agarra a vida com toda a energia que possuis e luta por ti, pelo amor que em ti existe, não importa a quem o dirijas...
Beijinhos com ternura
Margarida
De M.Luísa Adães a 9 de Fevereiro de 2012 às 16:05
Rosinda

Vá em frente, o amor é urgente!

Chore cada vez menos
e enxugue rápido as lágrimas!

Tente esquecer dentro do possível
quem a não merece.

Pense, eu sou melhor do que eles,
pense assim, sempre que os lembrar.

E esqueça,
caminhe em frente
tudo está em mudança
A Vida e nós que acompanhamos a vida.

E outros amores podem chegar
a qualquer instante.

Pense em si e viva
Uma vez mais e sempre...

Mª. Luísa
De Carla Granja a 26 de Fevereiro de 2012 às 14:42
Olá ! entrei em teu blog e achei lindissimo . E o que escreves mais ainda. O que li é muito triste,mas há que seguir em frente e deixar o passado para trás das costas,eu sei que fácil é falar e fazer é mais dificil ,mas com for,a de vontade consegue-se ir em frente

Se quiseres visita-me e um elo domingo
bjo Carla GRanja

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt/

Comentar post

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds