Segunda-feira, 5 de Abril de 2010

Fe-se Luz em mim...

Enquanto te ouvia a falar  assim...

Pela primeira vez senti este vazio,

Um sentimento que julgava sem fim...

Terminou... e só senti frio.

Enquanto me falavas de amor...

És e vais ser sempre a mulher da minha vida...

Palavras... já nem senti dor...

Nem mágoa... secou a ferida.

E ao ouvir-te falar assim ...

Nem falava, pensava para mim...

Pobre criatura...

Quanta desventura...

 Nada sentes, não tens nada...

A não ser a loucura,

Em ti encerrada...

Ao ouvir-te dizer...és a minha amada...

e que estou muito linda...

Já não senti nada,

A magia está morta... finda...

E fez-se luz no meu coração...

Há muito que findas-te para mim,

Apenas restava a ilusão...

Daquele amor... que julgava sem fim...

 A tua declaração de amor,

 Fez-me ver quem tu és... Claramente!

Um ser pequeno... ser menor,

Que a todas iludes, enganas, mentes...

Estou contente penso assim...

estou livre de ti agora,

Já não fazes eco em mim...

Porque o amor... foi embora!

 

Rosinda

 

 

Escrito por Rosinda às 22:33
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De ♥ Flor Cintilante ♥ a 10 de Abril de 2010 às 15:26
Fico feliz que o teu coração finalmente esteja em paz, pk te quero mto bem.

beijinho cintilante e...força segue em frente.
De Rosinda a 10 de Abril de 2010 às 17:13
Ficam as recordações... que boas ou más, fazem parte da nossa vida.
Um beijinho querida... espero que esteja tudo bem.
De MIGUXA a 11 de Abril de 2010 às 19:18
Rosinda,

Gostaria de te deixar aqui, hoje, os meus votos sinceros de longa vida, plena de felicidade, saúde, alegria, na companhia de quem mais desejares.

Quanto aos teus versos são sempre do meu agrado, reveladores de uma alma sensível mas determinada. Que o futuro te traga tudo de bom.

Beijos ternos Amiga
Margarida

Comentar post

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds