Segunda-feira, 24 de Maio de 2010

DESEJO...

 

Afasto de mim os anjos negros,

Espalho rosas sem espinhos de perfume e paz

Já não sei ter raiva, escondi meus medos

E se vais de novo casar... tanto me faz.

Penso porém, porque descuras-te a tua rosa

Jamais terás jardim tão perfumado

Ou suave cama de pétalas macias...

Terás talvez a sorte de seres amado,

Mas lembrarás de mim nas noites frias...

Sei que jamais serás feliz

Oiço-te falar... tão inseguro e triste

Ela terá aquilo que eu não quis...

Por saber que para ti, Amor ... não existe!

Porque acredito que de retorno temos,

O bem ou o mal que fazemos...

Desejo-te felicidade infinita

E que nunca sintas a desdita...

De te sentires coisa , em vez de gente,

sofro ainda , minha alma sente

Mas não te desejo igual tormento,

Deixo aqui o meu perdão,

Com amizade estendo a mão,

 Tamanho foi meu sentimento.

 

Rosinda

Escrito por Rosinda às 15:25
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. DESEJO...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds