Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

Rotina alterada

 

 

Escrito por Rosinda às 21:51
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De a 6 de Janeiro de 2011 às 12:02
Olá Rosinda,
Lindo este seu poema. Nós nunca deixamos de amar alguém, apenas aprendemos a viver sem ele(a).
Beijinhos e bom ano
De Rosinda a 6 de Janeiro de 2011 às 21:16
É um prazer recebe-la no meu cantinho de versinhos.
Aqui desnudo a alma...
Desejo-lhe também um óptimo ano.
Beijinhos
Rosinda
De Existe um Olhar a 6 de Janeiro de 2011 às 18:20
Mais um poema comovente, nostálgico, lindo sem dúvida!
Não vou questionar o que sentes, porque isso é só teu e é dos versos que escreves que extrais a força que tens para suportar esse amor ausente, mas que se faz presente no teu coração.

Beijos
Manu
De Rosinda a 6 de Janeiro de 2011 às 21:19
É difícil admitir e só o consigo fazer assim , versejando ... e como dizem que os poetas são mentirosos... assim vou dizendo a verdade fingindo que minto.
Beijinhos amiga Manu
Rosinda
De luadoceu a 8 de Janeiro de 2011 às 19:11
pelo menos ja nao ha solidao amiga
ainda bem,detesto solidao,mas gosto de estar so(eu),solidao de amor,ou de amziade e horrivel,ainda bem que ja nao sentes assim
mas que sintas spre o amor dentro de ti,por ti,pelos outros,e mto bom...
bjinhos amiga....se feliz pf
De Rosinda a 9 de Janeiro de 2011 às 16:41
Obrigada Lua.
Sentirei sempre amor no meu coração, não saberia viver de outra maneira...
Um beijinho
De MIGUXA a 10 de Janeiro de 2011 às 22:03
Doce Rosinda,

Lindo e nostálgico este teu poema...
Um grande amor pode guardar-se num cantinho do coração mas, jamais se esquece...

Beijinhos com carinho
Margarida
De Rosinda a 10 de Janeiro de 2011 às 22:53
Querida Margarida, é isso mesmo... sei que guardarei para sempre o grande amor da minha vida e aceitando isso, sinto-me mais leve, tranquila e segura. Vê-lo e nada sentir é que seria estranho...
Um beijo grande
Rosinda
De Tina a 16 de Janeiro de 2011 às 16:03
Um queixume de "AMOR" intenso e duradouro...talvez!
Mas são palavras sentidas, saídas dum coração que ama e que foi magoado.... que deveria também sentir ódio, mas que não sente, ao invés dissso eida sente amor!
Aqui mostras teus lindos sentimentos, amiga!
Que Deus te dê um dia, muito próximo o AMOR que tanto mereces nesta vida...e tem fé, pois quando mesmo se espera ele aparece!
Beijinhos para ti, Rosinda!
De Tina a 16 de Janeiro de 2011 às 16:13
Sou uma distraída e esqueci de ver os erros...desculpa, Rosinda!
Errata:
Onde se lê "eida...queria dizer ainda"
Onde se lê "mesmo, queria dizer menos"
Desculpa, amiga...ando sempre em correrias e depois dá nisto...
Beijinhos!

Comentar post

.free glitter text and family website at FamilyLobby.com

.pesquisar

 

hospedagem
hospedagem

.Versinhos recentes

. Um dia diferente...

. Tal como as árvores; "Mor...

. Feliz Páscoa

. Tu, só tu, meu amor...

. Não sou poeta...

. (Escrito em 2010) Carta p...

. (Escrito em 2010) Mascara...

. Solidão

. (Escrito em 2010) Tempo.....

. (Escrito em 2010) Mil e u...

.Arquivos

. Dezembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

.Outros blogs meus








Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Based on a work at poesiaerosas.blogs.sapo.pt.
As imagens deste blog são na sua maioria retiradas da Internet

.Dezembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds